Ascenção de LULA em pesquisas eleitorais 2018 choca Mercado - GordoSmart - Noticias e Curiosidades da Internet
sábado , 20 julho 2019
Gordo News

Capa » Política » Ascenção de LULA em pesquisas eleitorais 2018 choca Mercado

Ascenção de LULA em pesquisas eleitorais 2018 choca Mercado

BRASÍLIA / SÃO PAULO  – A popularidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva cresceu fortemente apesar de sua condenação à corrupção, mostrou uma pesquisa eleitoral na quarta-feira, um resultado que sacudiu os mercados e levantou a possibilidade de que o vice de Lula tornar-se o próximo ocupante do palácio presidencial do país.

Os investidores reagiram desfavoravelmente à pesquisa, fazendo com que a moeda brasileira caísse 0,8 por cento no pregão no final da manhã para 4,08 para o dólar norte-americano, perto de uma baixa histórica.

Lula, o candidato à eleição presidencial de outubro para o Partido dos Trabalhadores (PT), que ele fundou, está quase certo de ser impedido de concorrer por um tribunal eleitoral. A lei brasileira proíbe a candidatura de qualquer pessoa cuja condenação tenha sido mantida em recurso, como é o caso do carismático ex-presidente.

Em uma pesquisa do Datafolha publicada pelo jornal Folha de S.Paulo e pela TV Globo, Lula liderou facilmente todos os concorrentes quando seu nome foi incluído, conquistando o apoio de 39% dos entrevistados. O candidato de extrema-direita Jair Bolsonaro ficou em segundo lugar com 19 por cento, enquanto a ambientalista Marina Silva ficou com 8 por cento.

Se o nome de Lula for excluído, Bolsonaro lidera com 22 por cento e Marina Silva pula para 16 por cento.

Outras pesquisas nesta semana tiveram resultados semelhantes.

A estratégia do PT é manter viva a candidatura de Lula pelo maior tempo possível, depois trabalhar para transferir seu apoio a seu companheiro de chapa, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, que entrevistou apenas 4% na pesquisa do Datafolha.

A pesquisa revelou que 31% dos entrevistados disseram que votariam definitivamente no sucessor escolhido por Lula se Lula for impedido de concorrer, enquanto outros 18% disseram que “talvez” eles votariam em um candidato apoiado por Lula.

Espera-se que a capacidade de Lula de transferir votos para Haddad cresça, já que os anúncios políticos começam a ser exibidos no final deste mês. O PT deve retirar todas as paradas para ligar Haddad a Lula em seus anúncios.

Uma volta do PT ao poder levaria as políticas econômicas brasileiras para a esquerda, com os investidores temendo o retorno de uma economia liderada pelo Estado e sem nenhuma tentativa de continuar as reformas econômicas que o impopular presidente Michel Temer empurrou parcialmente pelo Congresso.

Na pesquisa da Datafolha, o candidato favorito de centro-direita, Geraldo Alckmin, permaneceu em apenas um dígito, com alta de 9% em junho, ante 9%.

De acordo com as rígidas regras de publicidade da campanha eleitoral no Brasil, Alckmin terá mais tempo de anúncio de TV do que qualquer outro candidato por causa de sua grande coalizão, mas ainda é preciso ver se os profissionais de marketing podem transformá-lo em um candidato viável.

SEM LULA
Bolsonaro, um ex-capitão do Exército que defende a flexibilização das leis de controle de armas para combater o crime, provocou polêmica com comentários denegrindo mulheres, gays, negros e indígenas.

Apesar disso, Bolsonaro liderou o campo desde o início, quando Lula foi excluído, aproveitando a raiva dos eleitores pela corrupção política.

O candidato de centro-esquerda Ciro Gomes, ex-governador do estado do Ceará no nordeste do Brasil, manteve-se estável em 10 por cento. Gomes não conseguiu atrair o apoio dos eleitores de Lula que ele precisaria para se tornar o novo porta-estandarte da esquerda brasileira.

O Datafolha entrevistou 8.433 eleitores em todo o Brasil entre os dias 20 e 21 de agosto. A pesquisa tem uma margem de erro de dois pontos percentuais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Ao continuar a usar o site, você concorda com o uso de cookies. Mais Informações

As configurações de cookies neste site estão definidas para "permitir cookies" para oferecer a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você estará concordando com isso.

Fechar